Iguatemi, Quinta Feira, 21 de Fevereiro de 2019

Descobriu que o namorado era casado e ainda foi espancada enquanto tomava banho

0

 

Uma jovem de 25 anos foi espancada enquanto tomava banho, na noite desta segunda-feira (11), em Três Lagoas – a 338 quilômetros de Campo Grande, depois de terminar um relacionamento ao descobrir que o namorado ainda era casado.

Segundo o boletim de ocorrência, a jovem contou que conheceu o autor em um bar e que depois de completar quatro meses de namoro, o homem se mostrou possessivo e muito ciumento, sendo que ela teria descoberto que ele era casado terminando assim o relacionamento dos dois.

Mas, na noite desta segunda (11) enquanto ela tomava banho o homem pulou o muro de mais de 2 metros de altura e invadiu a casa. Quando a vítima percebeu, o autor estava em seu quarto. Ela foi jogada por ele em cima da cama, sendo agredida com socos no rosto.

Em seguida, o homem ainda tentou enforcá-la, momento em que a jovem começou a gritar por socorro. Ele, então, fugiu. Mas, antes teria dito a mulher que iria matá-la caso a encontrasse com alguém. O homem tem vários boletins de ocorrência registrados contra ele por ameaça e violência doméstica.

Onde pedir ajuda

Qualquer mulher que tenha sido vítima de violência doméstica e familiar, independentemente de sua idade, pode procurar as delegacias de polícia mais perto de sua casa para registrar uma ocorrência policial. Além disso, existem telefones específicos e voltados para a denúncia de crimes de violência doméstica:

  • 100:Secretaria Nacional de Direitos Humanos
  • 180:Secretaria de Políticas para as Mulheres
  • 190:Polícia Militar
  • 181:Polícia Civil

Tipos de violência doméstica

Apesar de a agressão física ser o tipo de violência doméstica mais conhecida, existem outras maneiras de o crime ser cometido:

  • violência física:quando alguém da família agride outro membro através de soco, chute, tapas ou queimaduras, por exemplo. Também quando induz ou impede pessoa de tomar medicamentos.
  • violência psicológica:ameaçar, xingar, humilhar ou cometer outra ação que provoque danos psicológicos à vítima.
  • violência social:impedir um membro da família de ter contato ou convívio social também é um tipo de violência doméstica. Exemplos são trancar filhos em casa, proibir netos de visitar avós ou perseguir companheiro (esposo ou esposa) em local de trabalho.
  • violência sexual:ocorre quando alguém da família obriga outro a manter relações sexuais contra sua vontade, ou se aproveitando da situação de poder. Isso se aplica, inclusive, ao marido que força a mulher a fazer sexo.
  • violência financeira:filho que usa a pensão dos pais para benefício próprio, pai ou mãe que se recusa em contribuir em casa, ou companheiro que obriga o outro a justificar os gastos. Esses são exemplos de casos de violência financeira.

Além disso, pessoas que presenciam os crimes ou são usadas como instrumento de chantagem (muitas vezes filhos são usados por pais) também são consideradas vítimas de violência doméstica.

Com informações do Midiamax

 

Share.

About Author

Leave A Reply