Iguatemi, Tera Feira, 11 de Dezembro de 2018

Dormir de maquiagem faz pele envelhecer precocemente e pode levar até a cegueira

0

 

Poluição, fuligem e até mesmo a fumaça do cigarro podem danificar a pele, mas nenhum desses fatores desgasta tanto ela quanto o uso de maquiagem por longos períodos do dia.

O problema torna-se maior quando somado ao desconhecimento sobre o assunto: a pesquisa mais recente sobre o tema, feita pelo jornal britânico Daily Mail, revelou que 30% das mulheres tem o costume de dormir com maquiagem.

A estudante Barbara Bardella, 21, afirma que as consequências de virar o dia sem limpar o rosto podem não ser boas. Em junho deste ano, ela teve um tersol por dormir sem retirar toda a maquiagem. ”Quando eu acordei, estava com acúmulo de rímel no canto interno do meu olho. Lavei o rosto, mas como uso rímel direto, acho que foi acumulando cada vez mais.”

Em agosto, ela teve o mesmo problema por excesso de oleosidade. Por conta disso, passou a evitar o uso das makes. ”Toda vez que eu uso maquiagem e não a tiro, minha pele fica puro óleo. Isso é um problema seríssimo, porque eu faço uso de isotretinoína [para acne]e atrapalha o tratamento”, conta Barbara, que agora reserva a maquiagem apenas para ocasiões como festas.

A dermatologista Maria Graziela Paiva, que é especializada em cosmiatria, afirma que por conta das rotinas aceleradas, muita gente acaba não fazendo a limpeza correta do rosto no final do dia.

A falta do hábito acumula células mortas e acaba por gerar uma série de problemas: agrava a acne, causa ressecamento da pele e acelera o envelhecimento. Em casos mais graves, pode evoluir para uma infecção, alergias, conjuntivites ou blefarites, que são inflamações das pálpebras que podem fazer os cílios caírem.

“O rímel forma uma espécie de cola, especialmente os que são à prova d’água. Eles fixam na raiz do cílio. Temos uma renovação epidérmica, que acontece independente da gente, mas essa regeneração da pele pode ficar estagnada com tanto produto”, explica.

Se evoluir para uma infecção, o problema pode levar até à cegueira. “É um caso extremo, que pode ocorrer por comprometimento da córnea”, diz a oftalmologista Ana Cristina Fernandes Modé. Ela lembra que o problema também pode ser causado pelo compartilhamento de maquiagens e pelo uso de produtos fora da validade ou de qualidade inferior, que contém químicos como chumbo e metais pesados.

Não limpar o rosto também pode gerar a acne cosmética, pois o acúmulo de maquiagem obstrui os poros, propiciando o surgimento de espinhas, cravos e sinais.

As irritações no rosto podem levar ao surgimento de manchas, chamadas de hipercromia pós-inflamatória, especialmente em pessoas com pele mais sensível. “Se a pessoa não passa protetor solar, essa mancha acaba se fixando e pode demorar meses para sair”, lembra Maria Graziela.

Além de causar uma série de problemas, não retirar a maquiagem à noite evita a renovação da pele, uma vez que é nesse período que o metabolismo das células cutâneas está mais ativo, absorvendo melhor os nutrientes.

O PASSO A PASSO DA LIMPEZA

A Dr. Graziela afirma que existem quatro passos para manter os cuidados com o rosto. O primeiro é limpá-lo com um demaquilante oftalmologicamente testado, especialmente na área dos cílios.

“Os demaquilantes bifásicos, de água e óleo, são muito bons para peles secas e sensíveis e para a retirada de rímel. Já as águas micelares têm versões para peles oleosas e também sensíveis”, conta.

Como muitos desses demaquilantes acabam deixando resíduos, tais como o silicone, é preciso depois lavar a pele com um sabonete neutro ou do tipo indicado para a pele da pessoa – oleosa ou seca.

O terceiro passo é o uso de um tônico para preparar a pele. Por fim, ela recomenda passar um hidratante que possa ser absorvido pela pele.

Pessoas mais velhas ou com problemas como manchas e rugas devem passar seu creme de tratamento prescrito pelo dermatologista por cima do hidratante. Isso porque a absorção dos produtos para tratamento da pele, como ácidos e clareadores, é menor quando a pele ainda não está limpa.

Fonte: Correio do Estado

 

Share.

About Author

Leave A Reply