Iguatemi, Quinta Feira, 25 de Abril de 2019

Senador Pedro Chaves deixa Odilon e declara apoio a Azambuja para o governo do estado

0

Na sexta-feira (23), Chaves estava com Azambuja. Em seu discurso, ele declarou apoio à reeleição do atual governador, deixando definitivamente a parceria com Odilon.

Antes mesmo de começar oficialmente a campanha eleitoral, os pré-candidatos à sucessão estadual estão medindo força na disputa por aliados.

O governador de Mato Grosso do Sul, Reinaldo Azambuja (PSDB), está investindo em partidos ligados ao ex-governador André Puccinelli (MDB) e ao juiz federal aposentado Odilon de Oliveira (PDT). Os encontros regionais já sinalizam o rumo dos partidos na corrida eleitoral.

O senador Pedro Chaves (PRB) estava caminhando com o juiz Odilon quando estava no PSC. Com esta aliança, ele tinha vaga garantida no Senado. Mas mudou de lado.

Na sexta-feira (23), Chaves estava com Azambuja. Em seu discurso, ele declarou apoio à reeleição do atual governador, deixando definitivamente a parceria com Odilon.

Antigo aliado de grandes embates eleitorais de André Puccinelli, o ex-prefeito de Campo Grande Nelsinho Trad (PTB) subirá no palanque de Azambuja. Ele já tem vaga assegurada na chapa de senador. Seu irmão, o prefeito Marcos Trad (PSD), embora não tenha anunciado oficialmente quem apoiará, sinalizou aliança com o atual governador. Assim é mais um Trad fora do palanque de André Puccinelli.

Para conseguir angariar mais aliados, os tucanos estão cogitando a possibilidade de não colocar um nome do partido na disputa pela cadeira no Senado Federal.

Fonte: Correio do Estado

Senador-1

Share.

About Author

Leave A Reply