Iguatemi, Sexta Feira, 05 de Junho de 2020

Homem mata travesti com faca de cozinha e liga para a polícia

0

 

A travesti Rodrigo Júnior Dias Alcântara, 34, a Jennifer, foi morta com pelo menos sete facadas na madrugada desta terça-feira (31) em Dourados, a 233 km de Campo Grande. O autor do crime, o agente de produção Fábio Barbosa dos Santos 26, o “Fabinho”, foi preso em flagrante. Ele mesmo acionou a polícia após cometer o crime.

O assassinato ocorreu na casa de Jennifer, na Rua Augusto de Matos Soares Jardim, no Jardim Canaã I, região leste da cidade. Fabinho contou que ontem comprou porção de crack por R$ 200 e dois corotes de cachaça e passou a noite bebendo e consumindo droga com a travesti. Por volta de 2h, começaram a discutir. Jennifer teria dito que estava “com a Pompa gira” e teria ameaçado matar a mãe de Fábio. Os dois entraram em luta corporal.

Fabinho disse que durante a briga, estrangulou Jennifer até a travesti perder a consciência e a matou com vários golpes no pescoço usando uma faca de serra usada de 15 centímetros. Ele tinha marcas de unhas no pescoço.

Após o crime, Fabinho acionou a Polícia Militar. Quando os policiais chegaram ao bairro, o autor esperava no telefone público em frente à Escola Sócrates Câmara. Fábio levou os policiais até a casa localizada nos fundos do quintal, onde apontou o local do corpo e contou sua história.

Fábio dos Santos disse que decidiu ligar para a polícia e confessar o crime “por ser sujeito homem” e afirmou não estar arrependido de matar a travesti pelo fato de ela ter ameaçado sua mãe. Ele foi levado para a Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) para ser autuado em flagrante por homicídio.

CREDITO: CAMPO GRANDE NEWS

 

Share.

About Author

Leave A Reply